× Imagem em primeiro plano
top of page

Zona da Mata conta com financiamento rápido e fácil para ajudar na retomada da economia

Programa Crédito Popular da AGE está com novas condições e desde que foi criado já liberou R$ 32,5 milhões em todo o Estado; na Zona da Mata, já foram liberados R$ 3,6 milhões


Cliente do Crédito Popular, Bruna Lays é manicure em Rio Formoso. Foto: AGE/Divulgação.

O Governo de Pernambuco, por meio da Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE), facilitou e ampliou o acesso ao Crédito Popular, programa de microcrédito destinado a empreendedores formais e informais, micro e pequenas empresas com faturamento de até R$ 80 mil anuais. O valor a ser liberado, agora, pode ser de até R$ 5 mil, com até 14 meses para pagar, sendo dois meses de carência, e juros de 0,50% ao mês para quem quitar as parcelas em dia.


Desde que foi lançado, em outubro de 2019, o Crédito Popular já liberou R$ 32,5 milhões em financiamentos para 153 municípios de todas as regiões do Estado, beneficiando mais de 14,8 mil pessoas. Somente na Zona da Mata, já foram liberados R$ 3,6 milhões. Com as novas condições, inseridas no Plano Retomada lançado pelo governador Paulo Câmara no início de agosto, já foram feitas 901 operações, envolvendo mais de R$ 2 milhões em recursos para impulsionar os negócios dos empreendedores pernambucanos.


“Baixamos os juros e aumentamos o limite do Crédito Popular, pois os próprios clientes pediram estas mudanças. Nessa faixa de valor, é a taxa mais baixa do mercado”, afirma o diretor-presidente da AGE, Márcio Stefanni. Ele ressalta que os informais foram muito afetados pelas medidas sanitárias tomadas devido à pandemia da Covid-19 e que o Crédito Popular ajuda na inclusão socioprodutiva dessas pessoas, gerando ocupação e renda para que a economia possa, aos poucos, voltar a girar.


Na Zona da Mata, a AGE dispõe de quatro agentes de crédito baseados em Escada, Goiana, Paudalho e Sirinhaém, atendendo também cidades vizinhas. Na Mata Sul, por exemplo, o Crédito Popular beneficiou a empreendedora Bruna Lays, de Rio Formoso, que trabalha como manicure. “Consegui colocar cerâmica no piso do salão, comprei novo estoque de esmaltes e materiais para fazer as unhas das clientes, além de ter renovado outros produtos vendidos no espaço, como bolsas e perfumes. Me ajudou muito, com certeza”, conta Bruna, que foi atendida em seu município pelo agente de crédito Edimilson Gonzaga.


CredAGE - Para quem é microempreendedor individual (MEI), possui microempresa ou empresa de pequeno porte com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões, o Governo de Pernambuco lançou o CredAge Retomada. Nessa modalidade, o valor a ser financiado pode chegar a R$ 100 mil para investimento ou capital de giro, com taxas de juros de 0,99% para quem paga em dia. Para o beneficiado MEI, o financiamento é de até R$ 21 mil. O valor pode ser parcelado em até 36 meses, com 3 meses de carência. Para mais informações e para fazer o pré-cadastro para as linhas de crédito da AGE, basta acessar o site www.age.pe.gov.br. O atendimento telefônico é feito pelo (81) 3183.3450 (também WhatsApp), de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h30 e das 14h às 18h.


Sobre a AGE - A Agência de Empreendedorismo de Pernambuco é uma instituição financeira de economia mista integrante da administração indireta do Governo do Estado de Pernambuco e ligada à Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq). Tem como missão promover e financiar o empreendedorismo, contribuindo para o desenvolvimento sustentável do Estado. Mais informações: www.age.pe.gov.br.


Comments


bottom of page