× Imagem em primeiro plano
top of page

Um incentivo ao lado empreendedor da Rede Mira

AGE participa de inciativa de apoio ao projeto para mulheres que cuidam de pessoas atípicas. Levantamento será coordenado pela Secretaria da Mulher de Pernambuco


Diretora-presidente da AGE, Angella Mochel (de lenço florido) recebeu a secretária da Mulher, Mariana Melo (de blazer preto) e integrantes da Rede Mira. Fotos: Secretaria da Mulher/Divulgação.

Ao lado da Secretaria da Mulher de Pernambuco e de representante da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, conhecemos o trabalho da Rede Mira - Mulheres Identidades Restauradas por Apoio. Em uma reunião super produtiva na AGE, na última quinta-feira (21/12), recebemos integrantes da entidade que busca ofertar suporte emocional para as mulheres que cuidam de pessoa neurodivergente/atípica, a exemplo do autismo. Em consequência, elas procuram potencializar a habilidade de inovação e de fomentar negócios possíveis, ao estilo de vida dessas mulheres e suas famílias. TRANSFORMAÇÃO SOCIAL - Primeiro, será feito um levantamento coordenado pela Secretaria da Mulher, para que essa iniciativa de transformação social massiva e conexão entre essas mulheres possa se fortalecer, em trabalho conjunto com outras instâncias governamentais, como a Secretaria de Desenvolvimento Profissional e Empreendedorismo (Sedepe) e a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos. “A AGE entraria na ponta final dessa cadeia, na parte de fortalecimento ao empreendedorismo e à formalização”, destaca a diretora-presidente da AGE, Angella Mochel.




bottom of page