× Imagem em primeiro plano
top of page

Projeto da AGE é apresentado em evento do PET-GOV

Desenvolvimento do Mínimo Produto Viável (MVP) é uma das etapas do curso Automatização de Processos Públicos

O projeto da Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE) desenvolvido durante o curso Automatização de Processos Públicos, do Programa de Extensão Tecnológica para Governo (PET-GOV), foi apresentado nesta segunda-feira (11/04) em um evento no auditório Apolo 235, no Bairro do Recife. O Mínimo Produto Viável (MVP) em questão é voltado à elaboração de um controle de nomeação de membros dos conselhos.


A apresentação foi feita pela gerente de Compliance e Controles Internos da AGE, Rayanna Bezerra, que integra o time da AGE no curso do PET-GOV juntamente com Ricardo Moura e Patrícia Albuquerque (também do Compliance e Controles Internos); Aryanne Vasconcelos (Auditoria Interna); e Jéssica Lima (Jurídico).


Outros quatro órgãos do governo do Estado participantes do programa também apresentaram seus projetos no evento: as secretarias de Administração; Controladoria Geral; Planejamento e Gestão; e a Agência Pernambucana de Águas (Apac). No total, participam da capacitação 25 servidores e cinco pós-graduandos da Universidade de Pernambuco (UPE). Para orientá-los, foi destacado o mestrando em administração, Cássio Melo.


“As ferramentas e boas práticas apresentadas nos módulos do curso subsidiam o processo de melhoria nas atividades da administração pública, por meio da implantação de metodologias que visam a uma gestão mais eficiente e dinâmica”, ressalta Rayanna. O desempenho do MVP será monitorado. Numa segunda fase, será construída a estrutura de banco de dados, automatizando o processo e reduzindo o risco operacional.


Para ganhar em agilidade, sem perder em transparência e segurança, estão sendo utilizadas no curso, ferramentas como o mapeamento de processos com o uso do Bizagi, construção de indicadores de desempenho, aplicação de gestão da qualidade através de planos de ação - 5W2H, PDCA, Ishikawa, Diagrama de Pareto e ainda a ferramenta Trello para organização de projetos corporativos. O curso foi viabilizado por meio de acordo de cooperação técnica com a Usina Pernambucana de Inovação.


Fotos: AGE/Divulgação.

Comments


bottom of page