× Imagem em primeiro plano
top of page

Parceria reforçada com a Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE)

AGE é uma das 16 agências de fomento que fazem parte da instituição, que reúne também 34 bancos federais e de desenvolvimento

Reunião virtual teve a participação de Jeanette Lontra e Cristiane Viturino, da ABDE, que deram as boas-vindas a Angella Mochel, diretora-presidente da AGE. Foto: AGE/Divulgação.

A Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) é uma das principais articuladoras dentro do Sistema Financeiro Nacional (SFN), reunindo um conjunto de 34 bancos federais e de desenvolvimento, além de 16 agências de fomento, incluindo a Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE). Para saber mais detalhes sobre seu funcionamento e receber as boas-vindas em sua gestão, a diretora-presidente da AGE, Angella Mochel, participou de uma reunião virtual, nesta semana, com a atual presidente da Associação, Jeanette Lontra.


Angella Mochel, que fez parte do Conselho Fiscal da AGE nos últimos quatro anos, comentou que - ao assumir a AGE, há um mês, à convite da governadora Raquel Lyra - , passou a direcionar o seu olhar para a área de Negócios. “Estamos buscando um caminho ainda mais próximo do Microcrédito, direcionando estes recursos para as pessoas em situação de vulnerabilidade. Sem deixar, também, de voltar a nossa atenção aos grandes negócios, através das Operações Especiais”, observa Angella. CAPACITAÇÃO - Ela ressaltou que um dos intuitos da AGE é criar as linhas de microcrédito aliadas aos cursos de capacitação, qualificando os empreendedores e empreendedoras de Pernambuco em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Profissional e Empreendedorismo (SEDEPE-PE), à qual a AGE é vinculada.


Para Jeanette Lontra, que também está à frente do Badesul, a agência de fomento do Rio Grande do Sul, as agências de fomento e bancos de desenvolvimento ainda têm muitas lutas para travar pela frente, numa missão muito importante, de apoiar o desenvolvimento do Brasil. Ela salientou que, entre os setores prioritários para o fomento estão a sustentabilidade, inovação e turismo, um campo com bastante potencial no Nordeste.


SUSTENTABILIDADE - Em seguida, Cristiane Viturino, Gerente de Relações Institucionais e Governamentais, além de secretária executiva da ABDE, apresentou os detalhes sobre o funcionamento da instituição, que existe desde 1969. Na década de 1990, veio um novo momento, com a reestruturação do SFN e a privatização ou liquidação de alguns bancos. Foi também a época do surgimento das agências de fomento, como instituições financeiras não-bancárias, revitalizadas a partir de 2006. “Estamos em diálogo permanente com o Banco Central, para interpretar seu arcabouço regulatório e poder fazer esta ponte, com esclarecimentos constantes aos nossos associados”, ressaltou Cristiane, destacando outros parceiros importantes da ABDE, a exemplo da Finep, através de recursos para inovação, e do Sebrae, que além de ter o mesmo público-alvo, ajuda a ampliar a capacidade de produção dos empreendedores com seu Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas (FAMPE). COMISSÕES TEMÁTICAS - Na apresentação, também foi mostrado o Plano ABDE 2030, lançado no ano passado, durante o Fórum de Desenvolvimento de Políticas de Crédito e Financiamento. Ele inclui os 17 ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) traçados pela Organização das Nações Unidas (ONU). Cinco focos estão em destaque, atualmente: Agronegócio, Infraestrutura e Cidades Sustentáveis, Bioeconomia para a Amazônia, Futuro Digital Inclusivo e Saúde como meta para o desenvolvimento.

A ABDE também desenvolve seu trabalho a partir da escuta de 11 comissões temáticas e um grupo de trabalho de relações institucionais. “É uma rede importante de troca de informações, para discussão de problemas e sobre as melhores práticas a serem adotadas”, explicou Jeanette.


Para estar próxima do Congresso Nacional, a ABDE realiza, ainda, o acompanhamento de votações de projetos de lei, e dos conteúdos abordados nas assembleias e câmaras nos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário). O resultado é divulgado através de informativos enviados aos associados.


Comments


bottom of page