× Imagem em primeiro plano
top of page

Mulheres representam 80% dos clientes das linhas de crédito da AGE

No Dia da Mulher, contamos a história de duas empreendedoras da Agência de Empreendedorismo de Pernambuco, que solicitaram financiamento para impulsionar seus negócios



Microempresária Erika Grisi reformou salão de beleza no Recife. Foto: AGE/Divulgação.

O público feminino representa mais de 80% da carteira de clientes da AGE. Neste 8 de março, quando é celebrado o Dia Internacional da Mulher, motivo de reflexão e luta, trazemos a história de duas mulheres empreendedoras que buscaram linhas de crédito conosco e conseguiram impulsionar seus negócios. Tanto a cabeleireira Erika Grisi, quanto a costureira Iraneide Siqueira procuraram o financiamento para alcançar mais consumidores, e indicam o serviço da AGE para outras mulheres que queiram abraçar o caminho do empreendedorismo.


Publicitária de formação, Erika Grisi optou por abrir o seu próprio salão de beleza, em Boa Viagem, no Recife. O Grisi Studio Concept (@grisistudio) existe há nove anos, mas mudou de endereço em outubro de 2021, funcionando hoje na Rua Ernesto de Paula Santos, uma das mais movimentadas do bairro. Em abril do ano passado. Erika e o esposo, Marco, procuraram o setor de Operações Especiais da AGE, para solicitar uma linha de crédito na categoria ME (Microempresa).


“Foi muito interessante conseguirmos o recurso, para reformar o salão. Trocamos tudo, do piso ao teto, ganhando conforto, ampliamos a clientela e também o faturamento”, comenta Erika. Para ela, uma das vantagens foi não ter enfrentado tanta burocracia e contar com prazo alongado para pagar as parcelas, além de taxas de juros pequenas, se comparadas aos bancos tradicionais.


Atualmente, Erika conta com nove pessoas na equipe, e aumentou o número de serviços oferecidos, adicionando unhas em gel e massagista. “Ser mulher e empreendedora no Brasil é muito desafiador. Fomos na garra e na coragem. Quando se gosta do que se faz, o dinheiro passa a ser uma consequência”, acredita a microempresária, que se sente realizada na profissão.



O exemplo que vem do Sertão

Artesã Iraneide Siqueira mora perto de Triunfo. Foto: AGE/Divulgação.

Foi através de um grupo solidário, com mais duas pessoas de Triunfo, no Sertão de Pernambuco, que Iraneide Viana de Siqueira renovou a linha de Microcrédito da AGE. Ela faz cortinas, almofadas, panos de prato, bolsas, roupas com bordados, crochê, fuxico e ponto de cruz, entre outras técnicas de costura. As outras duas amigas trabalham com venda de salgadinhos e lingerie.


“A linha de crédito ajuda o nosso negócio. Não fico mais esperando os pedidos. Vou fazendo as peças no tempinho que tenho para deixar em estoque e vou mostrando aos clientes. É muito bom saber que estamos trabalhando e termos nosso próprio dinheiro”, assegura Iraneide, moradora do sítio Apolinário, a quatro quilômetros de Triunfo.


O ofício ela aprendeu quando tinha 20 anos de idade. Hoje, aos 51, se divide entre cuidar do sítio em que mora com o marido e o emprego numa pousada em Triunfo. “Faço os artesanatos à noite, ou quando consigo uma folguinha”, conta a empreendedora. “Gostei muito do atendimento da agente de crédito, Socorro Lima, que me cativou”, destaca Iraneide, que quer incrementar seu negócio, criando logomarca para vender também pelas redes sociais.


 

Saiba mais sobre as linhas de crédito da AGE


MICROCRÉDITO - A linha AGE Microcrédito se destaca pela agilidade e segurança na contratação. Para quem possui o seu negócio em funcionamento há pelo menos seis meses em Pernambuco, as condições são as seguintes: o recurso pode chegar a R$ 3 mil, com taxa de juros de 1,5% ao mês para pagamentos até a data de vencimento que receberem o bônus de adimplência. São até 10 meses para pagar, sem prazo de carência. Os contratos podem ser feitos individualmente, com avalista, ou em grupos de aval solidário, em que os participantes se avalizam mutuamente.


PARA EMPRESAS - No caso dos microempreendedores (MEI), microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP), que tenham pelo menos seis meses de faturamento comprovado, a linha disponibilizada é a AGE Empresas. Para quem é MEI, o valor do financiamento pode alcançar R$ 21 mil. Já para as micro e pequenas empresas (ME e EPP), é possível solicitar até R$ 100 mil. A taxa de juros, para quem paga em dia, é de 1,24% ao mês. O prazo da operação é de até 30 meses, sem carência. O pré-cadastro pode ser realizado pelo site www.age.pe.gov.br. Para saber mais, basta entrar em contato por telefone ou WhatsApp pelo número (81) 3183.7450, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h30 e das 14h às 18h.

Kommentare


bottom of page