× Imagem em primeiro plano
top of page

AGE discute ações para fortalecer o Polo Têxtil e de Confecções

Participamos de reunião de comitê para avaliar e planejar as ações do FUNTEC (Fundo de Desenvolvimento da Cadeia Têxtil e de Confecções)


Nossa diretora-presidente, Angella Mochel, representou a agência de fomento, ao lado de outras entidades e representantes de municípios pernambucanos. Foto: SDEC/Divulgação.

Um trabalho conjunto e cuidadoso para o fortalecimento do Polo Têxtil e de Confecções de Pernambuco. Participamos de reunião do comitê do Fundo de Desenvolvimento da Cadeia Têxtil e de Confecções (FUNTEC), sob coordenação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDEC), para a discussão de propostas e iniciativas direcionadas ao Polo de Confecções e Têxtil. Nossa diretora-presidente, Angella Mochel, foi a representante-titular da AGE, ao lado da diretora de Operações e Negócios, Ivete Lacerda, como suplente. Várias instituições fazem parte do FUNTEC, a exemplo da ACIC Caruaru e representantes das prefeituras municipais. O encontro, realizado na última sexta-feira (15), contou ainda, com a participação da Associação Comercial de Caruaru – ACIC, da Associação Comercial de Toritama e do prefeito do município Edilson Tavares, além do presidente do Sindicato da Indústria do Vestuário – Sindivest, João D'Arru.

Ainda estiveram presentes na reunião os diretores da Agência de Desenvolvimento de Pernambuco (ADEPE), Bruno Lira (Inovação) e Pedro Henrique (Atração de Investimento); Cesar Andrade, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI/PE); Cristiano Aragão, da Secretaria da Fazenda do Estado (SEFAZ/PE); e o presidente Wamberto Barbosa, do Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco (NTCPE)/ Marco Pernambucano da Moda.


RECURSOS - “O mais importante de um momento como esse é o alinhamento e o entendimento, para fomentarmos uma cadeia de ações coletivas, que reverberam em outras iniciativas. As discussões principais foram sobre como foi utilizado o recurso neste ano, o aditamento do contrato do NTPCE, que gerencia esses recursos e projetar possíveis novas ações”, destacou Angella Mochel. 


Cada instituição irá repassar suas necessidades e o mapeamento de suas demandas, para que seja realizada uma segunda reunião, antes do Carnaval, para avaliar como será conduzido o Funtec, no próximo ano.

Comments


bottom of page